Delegacia da Mulher procura passageiro por assédio

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí procura um homem que é acusado de assediar uma adolescente de 13 anos. A jovem contou para a investigadora Lilian que desde que entrou no ônibus do Parque Eloy Chaves notou que o homem não parava de olhar para ela.

A menina, ao descer do coletivo na avenida Jundiaí, passou a ouvir comentários de cunho sexuais. Incomodada, ela foi até o Ginásio de Esportes do Bolão, onde fica uma viatura da Guarda Municipal e procurou ajuda.

Os guardas realizaram buscas no entorno, mas não encontraram o homem. Por meio de câmeras de monitoramento dos comércios da avenida Jundiaí a investigadora Lilian e sua equipe conseguiram imagens que comprovam que o homem seguiu a garota até o Bolão.

Quem reconhecer o indivíduo pode ligar no Disque Denúncia do 181 ou no telefone da Delegacia da Mulher, no 4521-2024, de segunda a sexta das 9 às 18 horas.

Desde o início do ano a Polícia mandou para a Cadeia três passageiros de ônibus pela nova lei de importunação contra a mulher.

Aplicativo para denúncia

Por meio do aplicativo para celulares da Prefeitura de Jundiaí as mulheres podem fazer denúncias de dentro dos ônibus, na hora em que ocorrem os fatos. Uma equipe da Guarda Municipal é acionada imediatamente para ir onde o coletivo está. Por meio de GPS instalado nos coletivos os guardas podem saber onde está o ônibus e fazer a abordagem. As imagens das câmeras de monitoramento dos coletivos servem como provas para os inquéritos policiais.