Polícia manda para a cadeia o 3º passageiro de ônibus

Pela terceira vez neste ano um passageiro de ônibus foi mandado para a Cadeia, depois de passar as mãos em uma usuária de transporte coletivo. O caso ocorreu próximo ao Terminal do Eloy Chaves, dentro de um coletivo.

A jovem, de 23 anos, disse ter adormecido um pouco e ao despertar notou que um homem estava com a mão em suas partes íntimas. A moça avisou o motorista, que requisitou a presença da Polícia Militar.

Os policiais encaminharam o morador de Jundiaí, de 70 anos, para o Plantão da Polícia Civil, onde ele foi indiciado em flagrante na nova lei do ex-presidente Michel Temer, que prevê cadeia para quem “bolinar” o corpo de qualquer mulher.

O idoso explicou aos policiais que “foi um momento de fraqueza” e estava arrependido.

O homem foi encaminhado para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Os outros dois homens que foram presos neste ano estavam em ônibus que passavam pela Via Anhanguera e os motoristas acionaram a Polícia Rodoviária. Os dois homens também foram parar na Cadeia e respondem processos na Justiça.

A Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) tem várias denúncias de passageiras em investigação, com possibilidade de prender os autores dos abusos.