Mulheres discutem o Feminicídio em Jundiaí

Representantes de diversas entidades jundiaienses, unidades da Prefeitura, órgãos de saúde pública, segurança e da sociedade civil, se reuniram na sede da TVTEC, localizada no Complexo Argos, na manhã desta quarta-feira (13), sob a coordenação da jornalista e superintendente da emissora, Mônica Gropelo.

O objetivo do encontro foi alinhar as ações conjuntas em preparação ao evento “Feminicídio: Quem ama não mata”, que será apresentado no Palco da Cidade, no dia 22 de março, no Teatro Polytheama, com entrada gratuita, às 19 horas.

O Palco da Cidade é um programa ao vivo, promovido pela Prefeitura de Jundiaí, transmitido pela TVTEC, que tem como foco tornar acessível o diálogo a respeito de temas atuais e que por vezes são tabus.

Em sua última edição, o evento que teve como temática o “Suicídio: a epidemia calada – Escutar é uma saída”, lotou o teatro que tem capacidade para 1200 lugares. Em comemoração ao mês internacional, o evento contará com intervenções artísticas e especialistas potenciais da região que abordam o assunto, e podem atuar como uma rede de acolhimento às vítimas.

O feminicídio hoje é considerado um homicídio qualificado, com pena de no mínimo 12 anos de reclusão, cometido contra uma mulher pelos simples fato de ser mulher. “Nós temos por ofício a comunicação e vocês possuem o conteúdo necessário para que possamos transmitir de forma assertiva”, comentou em agradecimento Mônica.

Serviço:
PALCO DA CIDADE: “Feminicídio: Quem ama não mata”
Data: 22 de março
Horário: 19 horas
Local: Teatro Polytheama
Entrada gratuita (Os ingressos devem ser retirados no dia 21/03 (quinta-feira) partir das 14h, na bilheteria do Teatro Polytheama)

(Texto/Imagem: Caroline Ferreira)