Policiais rodoviários salvam pai e filho na Anhanguera

Os cabos da Polícia Rodoviária, Nilton César e Anderson, salvaram nesta segunda-feira (11) pai e filho que estavam em um carro na faixa 1 da Rodovia Anhanguera, na pista sentido Capital – Interior.

O motorista, José Amado, que faz uso de medicamento controlado, sofreu um “apagão” enquanto dirigia e foi obrigado a estacionar repentinamente na faixa de rolamento. A viatura dos policiais rodoviários, que vinha alguns metros atrás imediatamente parou o tráfego de veículos para remoção do carro e os cabos acionaram o Resgate da AutoBAn para socorrer a vítima.

O filho do motorista, o psicólogo Renato – que sofre de uma doença degenerativa -, agradeceu aos policiais, falando que foi uma “providência Divina” os rodoviários estarem bem atrás deles. Foram os anjos da guarda que evitaram algo pior para todos.

Renato explicou que ele e seu pai estavam a caminho do Km 43, em Cajamar, para levar água a uma mulher necessitada.

“Deus proporcionou um grande livramento nas nossas vidas”, comentou.

O sargento Gomes e soldado Uílton foram no apoio, para controlar o tráfego de veículos, durante a operação de remoção do veículo da faixa principal e atendimento médico ao motorista que sofreu mau súbito.

“No lugar certo, na hora certa”

O cabo Nilton César tem vivido experiências que vão marcar para o resto da sua vida, no atendimento aos usuários do Sistema Anhanguera-Bandeirantes. Ele e a equipe da Rodoviária já socorreram vários moradores de rua que caminham ou tentam se instalar em locais de perigo. Também salvou uma moradora da Vila Aparecida, em Jundiaí, que tentou se matar no dia 20 de maio de 2018 no Km 53 da Anhanguera. Ele chegou bem na hora que a mulher ia se jogar na frente de um veículo. Após conversar ela, a mulher concordou em ser levada para casa e desistiu do atentado contra a própria vida.

Veja o depoimento de Renato sobre o atendimento realizado pelos policiais rodoviários nesta segunda-feira.