Gestor faz palestra sobre o IR 2019

A Receita Federal começou a receber a declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física de 2019 (ano-base 2018). Ela é obrigatória para quem recebeu no ano passado mais de R$ 30 mil. O órgão fez algumas mudanças para o preenchimento da documentação deste ano, a fim de melhorar a qualidade das informações dos contribuintes com o propósito de cercar ao máximo os dados e possibilitar uma quantidade maior de cruzamentos. Por isso, o Senac Jundiaí realiza na quarta-feira (13/03), das 19 às 22 horas, a palestra IRPF 2019 – as principais informações para evitar erros na declaração, com o objetivo de auxiliar a população nessa tarefa. Para participar bastar realizar inscrição pelo telefone (11) 3395-2300.

O docente da área de gestão e negócios, Júlio Costa, adianta que a principal dica é não tentar “enganar” o Leão.

“O sistema da Receita Federal está cada vez mais eficiente. Por exemplo, ao fazer a aquisição de um veículo, o cartório transmitirá uma informação para o órgão. O que a receita espera do contribuinte é que ele confirme essa informação em sua declaração; caso isso não aconteça o órgão poderá pedir explicações. O mesmo acontece com imóveis, portanto se adquiriu um veículo ou imóvel, esses bens precisam aparecer na declaração”, comenta.

Outro ponto a ser destacado é em relação à agilidade das informações. Segundo o especialista, se no ano passado o tempo médio para saber se estava na malha era de 15 dias, com as mudanças nas declarações e avanços nos sistemas do governo essa informação sairá em 24 horas. “Também ocorreu mudança a respeito da exigência do CPF: todas as pessoas declaradas como dependentes deverão ter a informação do CPF, inclusive os recém-nascidos que já devem sair da maternidade com o documento”, aponta.

O especialista comenta que é possível realizar a declaração sozinho, seguindo as dicas que serão passadas na palestra.