Eleitor de Cajamar vota em novo prefeito

Domingo, dia 17 de março de 2019 entra para a história como mais uma votação para prefeito da cidade de Cajamar, na chamada Eleições Suplementares.

Tomará posse o 14º prefeito em oito anos, depois de uma sucessão de cassações por denúncias de corrupção e de irregularidades administrativas.

Oito candidatos colocaram os seus nomes para as disputas. Mas um teve o registro indeferido totalmente e quatro vão disputar com processos em análise.

Somente três tiveram registro regularizado em 100%. Isso significa que o eleitor corre o risco de votar em alguém que, pode perder o mandato após julgamento dos recursos em instâncias superiores.

Tunico Azevedo teve a candidatura indeferida e Alexandre Lima indeferido com recurso.

Deferidos: Francisco Thainan, Shima Gás e Vaguinho Cajamar.

Deferidos por recursos: Danilo Joan, Messias e Eurico Missé.

 

 

Os candidatos são: 

Alexandre Lima (Patriotas)

Danilo Joan (PSD)

Eurico Missé (DEM)

Francisco Thainam (PSOL)

Messias (PSDB)

Shima Gás (PSC)

Tunico Azevedo (DC)

Vaguinho (PSL)