Louveira proíbe recolher materiais recicláveis sem autorização

Buscando oferecer um destino sustentável aos materiais recicláveis e a continuidade da inclusão social da Cooperativa de Catadores, fica proibido o recolhimento sem autorização dos sacos plásticos verdes que fazem parte do projeto de coleta seletiva. A regra está valendo desde o dia 1 de fevereiro, data de publicação do decreto n.º 5.161 de 2019.

A ação auxilia no desenvolvimento do Programa de Coleta Seletiva de Louveira, já que a abertura dos sacos verdes por pessoas não autorizadas prejudica a limpeza pública e a correta destinação dos materiais para o Centro de Gerenciamento de Resíduos (CGR).

CGR
Criado pela prefeitura, o Centro de Gerenciamento de Resíduos possui toda a estrutura sustentável para receber, separar e comercializar o material.

A renda é destinada aos membros da cooperativa, que são ex-catadores de recicláveis que passam a ter melhores condições de trabalho, garantindo a inclusão social, inserção no mercado e resgate da dignidade. A CGR está aberta a novos integrantes.

Apreensão e multa
O catador ilegal é punido com a apreensão do material, aplicação de multa e responde por crime ambiental e contra o patrimônio público.

Denúncias
Ajude a manter a qualidade de vida da cidade. Para denunciar a coleta ilegal de material reciclável, ligue para a Guarda Municipal pelo 3878-1512 ou para a Secretaria Municipal de Gestão Ambiental pelo 3878-9902.