DDM prende mãe que queimava filhos com cigarro

As investigadoras da Delegacia de Defesa da Mulher (DDM) de Jundiaí prenderam uma mãe de 18 anos que queimava os filhos de 3 e 4 anos com cigarro. As crianças tinham várias queimaduras pelo corpo.

As policiais descobriram que os dois meninos quase morreram em outra oportunidade, quando foram dopados com remédios. Eles foram socorridos ao Hospital Universitário, que não registrou Boletim de Ocorrência.

A delegada Renata Yumi Ono determinou a prisão da jovem pelo crime de tortura.

Segundo a chefe das investigadoras, Lilian Pichi, o Conselho Tutelar já tinha conhecimento dos maus tratos, a partir de denúncia da escola.

A Justiça havia determinado a transferência da guarda das crianças para os avós maternos. Mas a mãe reside no mesmo imóvel e as queimaduras continuaram.

Um dos meninos chegou a mostrar para as policiais que a mãe usou fósforo para queimá-lo uma vez e depois jogou água no ferimento.