DENGUE: Varjão tem 50 casos suspeitos

A Prefeitura de Jundiaí iniciou uma grande operação no bairro do Jardim Novo Horizonte (Varjão), para combater focos do mosquito da dengue. Já existe um caso confirmado e 50 suspeitos da doença. Os moradores estão recebendo orientações para procurarem as unidades de saúde em caso de sintomas e informar os médicos onde residem, para que equipes façam varredura em busca dos locais de procriação do mosquito aedes.

Durante todo o dia desta terça-feira (19) funcionários da Saúde estiveram de casa em casa entre a rua 8 e Estrada Municipal do Varjão. 

Surto

“O trabalho é realizado com o objetivo de conter a transmissão. Recebemos informações de pessoas que iniciaram a sintomatologia no último domingo, ou seja, a transmissão está ocorrendo. Por isso as pessoas precisam limpar os quintais de qualquer objeto que possa acumular água. O mosquito Aedes aegypti se adaptou a viver em água parada suja, não somente na água limpa”, detalha a biomédica da Unidade de Vigilância em Zoonoses (UVZ), Ana Lúcia de Castro Silva.

Na região do Novo Horizonte, pela característica do bairro – plano, com muitas construções incompletas e lajes abertas para o acúmulo de água – os mosquitos encontram as condições perfeitas para a criação. Segundo o gerente da UVZ, Carlos Ozahata, os mosquitos podem voar longas distâncias em busca de alimento. “Somente com o apoio da população será possível conter a doença e evitar óbitos”, argumenta.

Com 7 anos, Alice Vitória Virgílio de Lima está com sintomas de dengue. Na casa onde mora, outras três pessoas estão em situação suspeita. “As manchas coçam muito e tive febre. É muito ruim”, conta a menina. Além da febre repentina, dores no corpo e nas juntas, dor de cabeça e no fundo dos olhos, os exantemas (manchas vermelhas pelo corpo) também são características da doença.

Segundo a tia da criança, Miriã Santos, na casa não foi localizado criadouro, porém, no entorno, vários pontos com larvas foram localizados pelas equipes da UVZ. “O trabalho dos técnicos é importante para que a população entenda a situação”, comenta.

 

Resultado de imagem para sintomas da dengue

Médico Dráuzio Vararella fala como são os sintomas da dengue e o que as pessoas sentem

Médico da Prefeitura, Carlos Ozahata, fala sobre o trabalho no Varjão

Veja matérias anteriores:>