Vândalos estão destruindo a cidade

Jundiaí vem sofrendo atos de vandalismos em ônibus, centros esportivos, praças, jardins e parques, o que está impedindo a realização de novos investimentos no município. A informação é do diretor da Prefeitura, responsável por Parques, Edson Villas Boas. Só no Parque do Tulipas foram cinco quiosques queimados. O último deles o “Jornal da Região” publicou vídeo (veja abaixo). No Jardim Botânico, ao lado do Paço Municipal, estão ocorrendo furtos de orquídeas, de mudas e até das carpas. Em 2018 foram registrados 17 boletins de ocorrência na Delegacia de Polícia Civil só do Botânico.

Em entrevista para a jornalista Denise Oliveira, da TV TEC, o diretor da Prefeitura, Edson Villas Boas, disse que a administração vem deixando de investir em novos equipamentos, para consertar o que está sendo destruído. A manutenção do que é destruído pelos vândalos fica mais cara, restringindo o trabalho de manter a cidade em ordem.

Para o Tulipas já estão sendo feitos orçamentos para repor os cinco quiosques queimados. No Parque do Corrupira, onde há cerca de 40 quiosques, a Prefeitura já estuda a substituição dos espaços por outros equipamentos, de fácil manutenção e para evitar vandalismos.

Para o Jardim Botânico, não tem como recuperar as mudas e orquídeas – algumas raras -, que são objetos de estudos de biólogos. Até as carpas estão sendo furtadas do lago do parque localizado ao lado da Prefeitura e que possuí guardas a todo instante.

Das 45 academias ao ar livre, pelo menos 30% ficaram com algum problema nos últimos tempos, porque os vândalos quebram, entortam as ferragens ou até mesmo usam serras para retirar peças. A Prefeitura teve de destacar uma equipe só de reposição para peças quebradas.

Quem paga os prejuízos é a própria população, com mais gastos ao município.

Ônibus

No ano passado houve aumento de 40% no número de janelas quebradas dos ônibus urbanos em Jundiaí. Quando uma janela de emergência é quebrada, os coletivos ficam dois dias parados nas garagens, até a reposição. Os vidros são feitos sob medida. Em 2018 foram 300 janelas quebradas. Sem falar nos elevadores para deficientes que vândalos danificam os equipamentos dos coletivos e os dispositivos para recarregar celulares. Tudo isso encarece a tarifa do transporte coletivo.

Educação

Edson Villas Boas disse que a Prefeitura está investindo na educação das crianças nas escolas. Mas existe um grupo que está destruindo tudo na cidade. Até as vidraças da administração do Parque do Engordadouro foram quebradas recentemente, por adolescentes que foram advertidos por comportamento inadequado e foram se vingar no prédio.

Ele comentou ainda que em alguns lugares as gramas estão sendo substituídas e os jardins também, por arbustos, porque há o “prazer” de destruir o que é bonito. Sem falar nos balanços dos parques para crianças, e que adultos quebram constantemente e, os bancos das praças, onde o encosto passou a ser utilizado como assento, quebrando constantemente.

URBANISMO

Vândalos colocam fogo em quiosque A administração do Jardim Botânico do Tulipas, em Jundiaí, já não sabe mais o que fazer. Neste domingo (03) atearam fogo ao quarto quiosque dentro do parque. Lauryn enviou vídeo ao "Jornal da Região".

Posted by Jornal da Região on Sunday, February 3, 2019