Prefeitura e Estado dialogam sobre ações de segurança para Jundiaí

A integração entre as forças policiais tem sido um formato muito utilizado pela gestão Luiz Fernando Machado nas ações de grande impacto populacional, como foi o caso da crise de desabastecimento, no ano passado. Nesta terça-feira (29), na cidade de Atibaia, o tema fez parte do diálogo entre o prefeito de Jundiaí e o secretário estadual de Segurança Pública, o general João Camilo Pires de Campos.

“As ações mais recentes evidenciaram que o trabalho integrado aperfeiçoa cada vez mais as propostas que visam a segurança. Estamos em linha direta com o Governo do Estado de São Paulo, que faz uma verificação minuciosa dos pontos vulneráveis para atuar nos problemas e tornar a segurança pública dos munícipios e do estado como um todo mais eficiente”, disse Luiz Fernando.

Ainda no município de Atibaia, o prefeito conheceu detalhes da atuação do Gabinete de Gestão Integrada (GGI) de Segurança Pública, formado por integrantes da Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Ambiental, Guarda Civil Municipal, Polícia Rodoviária Federal e Estadual, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Segurança Pública.

De acordo com o general João Camilo, a segurança pública do Estado de São Paulo será conduzida de forma prioritária e com atenção às necessidades dos municípios paulistas. Ele sinalizou o não contingenciamento de verbas previstas para segurança pública em 2019 como uma garantia de que as ações necessárias vão acontecer. “Jundiaí faz com excelência o trabalho articulado entre as polícias. As pessoas vivem nas cidades e as administrações municipais podem contribuir muito se trabalharem em parceria com o Esta­do”, garantiu o secretário.

Participaram do evento na cidade de Atibaia os gestores Gustavo Maryssael (Casa Civil) e Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Segurança Municipal), além da tenente-coronel Carla Basson, comandante do 11º Batalhão da Polícia Militar.