Polícia Civil esclarece tentativa de homicídio

A equipe de investigadores da Polícia Civil de Várzea Paulista, sob o comando do delegado Marcel Fehr, esclareceu uma tentativa de homicídio.

Por volta das 23h45 de 17 de janeiro, na Avenida Pacaembú, Várzea Paulista, Antonio Rodrigues da Luz foi ferido por golpes de arma branca, tendo sido socorrido ao Hospital São Vicente em Jundiaí.

Pouco depois foi encontrado outro ferido, Gilmar Gonçalves, o qual negou envolvimento no evento. Foi socorrido ao PS de Várzea e depois transferido para o mesmo hospital em Jundiaí.

Antes da chegada dos policiais civis para interrogatório, Gilmar fugiu do hospital. Em sua casa foi surpreendido pelos policiais civis.

Diligências na residência dele resultaram em sua detenção e na delegacia confessou a autoria, alegando ter brigado por um copo de pinga e desarmou Antônio, que trazia uma faca, desferindo ao menos cinco golpes em seu abdômen.

Gilmar Gonçalves, que vai responder processo por tentativa de homicídio

 

Gilmar também está ferido no tórax e antebraço.

Diante desse cenário foi dada voz de prisão em flagrante à Gilmar pela prática de tentativa de homicídio qualificado, pela motivação fútil.

O delegado Rafael Diorio Costa, do 1. Distrito Policial de Várzea, elaborou o flagrante de tentativa de homicídio.

Antônio está incomunicável, em estado grave.