Até motoristas reclamam do som alto do gás

Muitos moradores de Jundiaí fazem reclamação no telefone 156 da Prefeitura, contra as músicas altas dos caminhões de gás nos bairros em que residem. Mas não são só os moradores. Os próprios motoristas dizem que chegam a ter problemas de audição, porque ficam o dia inteiro ouvindo a música com volume alto. Eles contam que alguns veículos não possuem sistema para abaixar o volume, que é fixo.

Os vereadores de Jundiaí já tentaram uma vez proibir as músicas dos caminhões, mas as empresas de distribuição foram contra e o projeto de lei retirado.

Segundo a Prefeitura o Centro de Referência em Saúde do Trabalhador (Cerest) nunca fez levantamentos sobre possíveis prejuízos à saúde dos trabalhadores que convivem até oito horas por dia com o som dos caminhões de distribuição de gás.