Mulher encontra vídeo íntimo em site pornô

Uma jovem de Jundiaí prestou queixa na Delegacia de Polícia Civil contra o ex-marido. Ela encontrou três vídeos que gravou com o companheiro, em momentos íntimos, publicados em um site pornô.

A jovem contou na Delegacia que está separada há um ano. Mas desconfiou de que havia algo de errado, porque ele ficou com as gravações de cinco vídeos que fizeram durante relações sexuais.

Ao pesquisar na Internet, ela encontrou pelo menos as três gravações em que se reconhece.

A jovem disse aos policiais que pretende processar o ex-marido.

Lei Nova

Em dezembro, antes de deixar o cargo, o ex-presidente Michel Temer promulgou uma nova lei de exposição da intimidade do corpo feminino. Qualquer homem que compartilhar e publicar vídeos ou fotos de suas companheiras terá pelo menos uma pena de seis meses de reclusão e pagamento de multa.

Ainda no final do ano, em Jundiaí, pelo menos três modelos tiveram seus perfis clonados nas redes sociais e golpistas se passaram pelas garotas. Elas também denunciaram os casos à Polícia.