Jundiaí apresenta queda nos índices de violência

Números divulgados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Estado de São Paulo indicam queda nas ocorrências criminais em Jundiaí, nos últimos meses. Várias ações adotadas em conjunto com as forças de segurança têm garantido esse resultado.

No quadro comparativo de janeiro a novembro de 2017 e 2018, envolvendo os crimes mais violentos, como atentando à vida, os índices são excelentes, como queda de 43% nos casos de homicídios 14% nas tentativas.

De acordo com o gestor de Segurança da Prefeitura, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel, o Jacó, no caso da Guarda Municipal, houve investimentos significativos da atual gestão para garantir a sensação de segurança e foi fundamental integração com as demais forças de segurança da cidade, como a Polícia Militar e a Polícia Civil.

Veja os índices abaixo.

Patrulhamento comunitário

Jacó destaca que o trabalho conjunto reforçou inclusive nos finais de semana e feriados com atuação cada vez mais próxima da comunidade. Houve a integração efetiva entre as forças de segurança pública do município, também em apoio às demais instituições que integram o Aglomerado Urbano de Jundiaí (AUJ).

No caso da Guarda Municipal foram colocadas em disponibilidade todas as equipes de Ronda Escolar – Anjos da Guarda; Apoio Tático; Canil; Central de Monitoramento Eletrônico de Câmeras – Olho Vivo; Centro de Operações Táticas (COT) e OCR – Inteligência foi fundamental, para os resultados alcançados.

Além das muitas ações inteligentes e qualificadas, a criação da Unidade de Gestão de Segurança Municipal (UGSM) no início da atual gestão em 2017 – considerada uma iniciativa pioneira na história do município – reforça o compromisso da atual Administração de efetivar propostas estratégicas operacionais no combate à violência e criminalidade, a partir da atualização do Plano Municipal de Segurança e Cidadania, estabelecendo dessa forma metas para os órgãos de segurança da cidade, como também para outros setores municipais que garantem a infraestrutura para a atuação na prevenção.

“Temos um grande desafio a cumprir: dar à população a sensação de segurança cada vez mais ampliada, com uma política de integração gradativa e efetiva entre a Guarda Municipal de Jundiaí e os demais órgãos de segurança pública. Graças aos avanços na capacitação e atualização permanente dos agentes que integram a Corporação, aliada à tecnologia empregada pelos sistemas de inteligente, Jundiaí é referência nacional: está entre as 10 cidades mais pacíficas do país (informações: Atlas da Violência 2017, divulgados pelo Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), inclusive ao promover a melhor qualidade de vida aos jundiaienses e também àqueles que escolhem a cidade para trabalhar e morar com toda a família”, ressaltou o titular da Gestão de Segurança, Paulo Sérgio de Lemos Giacomelli Stel (Jacó).

Para facilitar a comunicação com a população foi criado o aplicativo que permite enviar denúncias com fotos para a Central de Controle da Guarda, pelo programa para celular da Prefeitura de Jundiaí. Também são recebidas as denúncias pelo 153, pelo 181 e 190.

Comparativos – Atendimentos registrados no período de janeiro a novembro

2017

Homicídio doloso: 14

Tentativa de homicídio: 21

Latrocínio: 3

Roubo: 1.546

Roubo de veículo: 322

Roubo de carga: 102

Furto: 4.410

 2018

Homicídio doloso: 8 – queda de 42,86%

Tentativa de homicídio: 18 – queda de 14,30%

Latrocínio: 1 – queda de 66%

Roubo: 1.012 – queda de 34,55 %

Roubo de veículo: 319 – estável

Roubo de carga: 120 – alta de 17,65%

Furto: 4.262 – queda de 3,36%