OAB de Jundiaí é contra extinção da Justiça do Trabalho

O presidente da 33ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Fábio Marcussi, divulgou um manifesto da diretoria da entidade contra a intenção do Governo Federal em acabar com a Justiça do Trabalho.

Durante a semana o presidente Jair Bolsonaro cogitou em entrevista ao SBT fazer fusão com a Justiça comum.

Em Nota Pública, a diretoria manifesta que a sociedade acredita na Justiça do Trabalho, que faz parte da Constituição do País.

Os argumentos apresentados são “falaciosos e atentam contra a realidade dos fatos”, diz a nota.

A mais poderosa entidade integrada da magistratura e do Ministério Público, fórum que aloja 40 mil juízes, promotores e procuradores em todo o País, alertou neste domingo, 6, o presidente Jair Bolsonaro que a “supressão” ou a “unificação” da Justiça do Trabalho representa “grave violação” à independência dos Poderes.

A Diretoria da OAB em Jundiaí informa que vai lutar contra a medida. Confira na íntegra:

A imagem pode conter: texto