Comerciante achada morta em piscina

A comerciante Cleusa Paz do Couto, de 54 anos, moradora na Vila Arens, em Jundiaí, morreu na véspera do Ano Novo afogada na piscina de uma chácara no bairro do Mursa, em
Várzea Paulista.

Segundo informações de parentes a policiais militares, ela foi até a chácara para limpar a piscina. Provavelmente sofreu queda na piscina e não sabia nadar.

Ela era dona do açougue do Jardim Cruz Alta.

A Polícia de Várzea Paulista registrou boletim de ocorrência de “morte suspeita” e aguarda laudo do Instituto Médico Legal (IML), para saber as causas.