Prefeitura de Jundiaí rescinde contrato com empresa que administra UPA

A Prefeitura de Jundiaí começou o processo de rescisão de contrato com o Grupo de Apoio a Medicina Preventiva (Gamp), que administra a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Bairro Jardim Novo Horizonte, inaugurada no começo do mês.

A empresa Gamp está envolvida em diversas ações judiciais com dinheiro público em cidades do interior de São Paulo, Distrito Federal e Rio Grande do Sul. Por isso, a mudança atende a uma recomendação do Ministério Público, com a justificativa de que mesmo não havendo problema algum na UPA de Jundiaí, a Gamp não tem idoneidade para administrar.

Ainda não há prazo para o contrato ser encerrado. Segundo a prefeitura, a mudança de administradora não vai levar prejuízo no atendimento aos pacientes. A organização social Fênix do Brasil, deve ser a nova administradora, já que é a segunda colocada no processo de licitação.