CPFL lança campanha “Chega de Choque” em Jundiaí

A CPFL Piratininga, distribuidora da CPFL Energia que atende 1,7 milhão de clientes em 27 municípios no litoral e interior paulista, realiza a partir de hoje o segundo ano da blitz da Campanha Chega de Choque em Jundiaí. A ação itinerante ocorrerá entre os dias 16 e 17 de novembro no município, e percorrerá diversos bairros e regiões, distribuindo materiais da campanha e promovendo a conscientização da população sobre os riscos do convívio inadequado com a rede elétrica.

Entre as localidades que a blitz irá percorrer em Jundiaí estão os bairros Colônia, Vila Graff, Vila Vianelo, Vila Arens II, Jardim Petrópolis, Vila das Hortênsias, Bonfiglioli, Jardim Boa Vista, Vila Virgínia, Pinheirinhos, Jardim Botânico, Parque do Colégio, Marco Leite e Centro (para mais informações, ver tabela com os endereços abaixo).

Com o mote “Guardiões da Vida”, a blitz tem como objetivo sensibilizar a população para também se tornar responsável pela preservação da vida dos cidadãos, identificando e alertando sobre os riscos do convívio inadequado com a rede elétrica. Com ações interativas e prêmios, a blitz busca conscientizar sobre os riscos de acidentes envolvendo, principalmente, profissionais liberais, como pintores de fachadas, pedreiros e eletricistas particulares, que representam 42% dos acidentes registrados pela CPFL Piratininga no acumulado deste ano até outubro.

Para alcançar o maior número possível de profissionais liberais e estimular a redução dos índices de acidentes, a blitz da Chega de Choque visitará também obras em andamento e lojas de materiais de construção e pintura. A ideia é estimular que a população seja capaz de identificar fontes de perigo em um ambiente de construção ou reforma e torná-la um “Guardião da Vida”. Para isso, a população será convidada a participar de um quiz e todos os que responderem ganharão uma raspadinha para concorrer a prêmios como camisetas, bonés, canetas e jogos de baralho customizado.

“Atuar para evitar acidentes elétricos, por meio da conscientização da população, é parte dos princípios e da cultura da CPFL Energia. Ao promovermos a segunda edição da Chega de Choque e sua blitz, estimulamos que as pessoas adotem atitudes mais seguras e respeitem a rede elétrica. O novo tom da campanha é uma forma de sensibilizar para que todos sejam responsáveis pela vida de outras pessoas”, afirma o gerente de Saúde e Segurança do Trabalho da CPFL Energia, Marcos Victor Lopes.

Acidentes com a rede elétrica

De janeiro a outubro deste ano, a CPFL Piratininga registrou 14 acidentes na rede elétrica na sua área de concessão, um crescimento de 75% na comparação com os oito acidentes verificados no mesmo período em 2017. Das 14 ocorrências registradas este ano, duas foram fatais, uma redução de 50% em relação a janeiro a outubro do ano passado.

A principal causa dos acidentes foi o descuido na hora de construir e realizar reformas próximo à rede elétrica, que acidentou seis pessoas (42,8%), sendo uma vítima fatal e duas graves. A segunda causa foi ocorrência com pipas, com três acidentes (21,4%), seguida de descuido durante a execução o trabalho das equipes de telefonia próximo à fiação elétrica, com dois casos (14,2%).

Até outubro deste ano, a concessionária registrou dois acidentes nona região de Jundiaí, sendo um grave e um leve, ambos na cidade de Jundiaí. Dos dois casos, um era relativo à construção e pintura e uma ocorrência relacionada à pipa. Entre janeiro e outubro de 2017, a CPFL Piratininga registrou dois acidentes na região, sendo um fatal (em Várzea Paulista) e um leve (em Jundiaí).

Além da Chega de Choque, a CPFL Piratininga continuamente promove também outras ações de conscientização da população sobre os riscos da energia elétrica. O Grupo realiza a Campanha Externa de Prevenção de Acidentes com Eletricidade (CEPAE), que são palestras realizadas em escolas, associações de bairro, sindicatos de classe, empresas e lojas de material de construção para abordar o tema da segurança. É possível solicitar uma palestra com um profissional da CPFL Piratininga pelo e-mail chegadechoque@cpfl.com.br​.