Inos Corradin será homenageado no Polytheama

No dia 12 de novembro a emoção tomará conta mais uma vez no palco do Teatro Polytheama. A partir das 14 horas, acontecerá a apresentação de fim de ano dos jovens e crianças da Casa da Fonte, projeto socioeducacional que tem como mantenedora a Companhia Saneamento de Jundiaí (CSJ). Mais de 210 alunos darão show de dança, teatro, música e poema, com o festival “A arte da vida do Brasil e da Itália com Inos Corradin”, inspirado nas obras do artista.

O tema aguçou a curiosidade para conhecer a história e as obras do italiano que escolheu a cidade de Jundiaí (SP) para viver. “É um orgulho homenagear Inos Corradin, apresentar a sua arte aos nossos pequenos alunos e engrandecer a bagagem cultural de cada um”, reflete a coordenadora Cristina Castilho.

E se apresentar nos palcos de um dos mais antigos e tradicionais teatros brasileiros, inaugurado em 1911, é motivo de muita emoção e alegria para os alunos. Para João Araújo Souza, de 11 anos, há um certo nervosismo de estreia. “Vou fazer um número de capoeira e é a primeira vez que me apresento, mas vai ser lindo”.

Já Sabrina Yasmin São José, de 10 anos, está acostumada com o Polytheama. “Eu sempre participo e não fico mais tão nervosa. Vou fazer uma apresentação de ginástica artística e minha mãe estará na plateia novamente”.

Para a coordenadora da Casa da Fonte, a apresentação de final de ano é muito aguardada, pois os jovens empenham muito esforço e dedicação nos aprendizados e nos ensaios. “É o momento de aplaudirmos e nos orgulharmos de todos que tornam esse espetáculo maravilhoso e emocionante! Esperamos que os jundiaienses possam prestigiar esses alunos neste evento”.

As escolas Cleo Nogueira Barbosa, Ivo de Bona, Dom Joaquim Justino Carreira e Alessandra Cristina Rodrigues Pezzato, além do C.E.C.E. José De Marchi também participarão do evento. E C.E.C.E. “Romão de Souza” fará uma apresentação como convidado.

Casa da Fonte
A Casa da Fonte é um projeto que tem como mantenedora a Companhia Saneamento de Jundiaí (CSJ) e recebe diariamente crianças e adolescentes no contraturno escolar com atividades diferenciadas e a ampliação de horizontes. Jovens e adultos também são assistidos em cursos semiprofissionalizantes e de geração de renda, que visam a ampliação do orçamento doméstico.

As escolas Cleo Nogueira Barbosa, Ivo de Bona, Dom Joaquim Justino Carreira e Alessandra Cristina Rodrigues Pezzato e o CECE José De Marchi, com um total de 4.674 alunos, são apoiados pela Casa da Fonte.