Guarda de Itupeva mata um durante confronto

Um guarda municipal da cidade de Itupeva, que estava de folga, mas fazendo vigilância de um canteiro de obras que vinha sendo furtado, enfrentou um grupo e matou um dos suspeitos após confronto.

O guarda relatou que há vários dias estavam sumindo materiais de construção de uma obra. Ele foi contratado para fazer a vigilância e estava dentro do seu carro, quando surgiu um marginal que abriu a porta e apontou uma arma, falando “perdeu, nem tenta”.

O guarda sacou de sua arma e o indivíduo deu um tiro, que não o acertou. Em seguida o guarda reagiu para salvar a própria vida e passou a atirar pelo vidro traseiro. Ele viu que acertou o desconhecido. Outros dois homens socorreram o comparsa e fugiram.

Pouco tempo depois a Guarda Municipal foi informada de que um baleado foi deixado por dois homens na porta do hospital da cidade. Os guardas foram ao local e encontraram o indivíduo morto.

O homem foi identificado como Roberto Vasconcelos Júnior, de 37 anos, morador no Jabaquara, em São Paulo.

O corpo de Roberto foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí e liberado para sepultamento na Capital.

O caso será investigado pela equipe do delegado Adalberto Ceolin da Polícia Civil.