Ex-marido confessa que matou Thainara

O morador de Itatiba, José Ribamar Martins da Silva, de 30 anos, morador no bairro São Francisco, confessou ao delegado de Jarinu, Victor Oliveira Paula, que matou a ex-mulher, Thaynara Oliveira, de 27 anos e, depois levou o corpo para um córrego da Estrada Juvenal de Souza, no bairro Bom Retiro, no dia 29 de setembro deste ano.

A equipe de investigação do delegado Victor já tinha provas suficientes para indiciar José Ribamar por feminicídio. O autor compareceu na Delegacia de Jarinu acompanhado de um advogado e confessou que matou a jovem depois de uma discussão. Ela não aceitava voltar com ele.

O delegado determinou o recolhimento de José Ribamar para a Cadeia de Campo Limpo Paulista.

Em seu perfil no Facebook Thaynara fazia críticas a algum homem e era justamente o ex-marido.

Familiares contaram que a vítima sofria muitas agressões e decidiu se separar.

José Ribamar, autor do crime contra a jovem Thaynara

 

A jovem foi morta com socos no rosto, estrangulamento e jogada no córrego embrulhada em lençol.

Thaynara trabalhava em uma sorveteria de Itatiba. Deixou um filho, “Thalysson”. Foi graças à tatuagem no braço que populares viram a publicação do “Jornal da Região” e a identificaram, avisando a Polícia Civil.