Vítima de atropelamento precisa de doação de sangue

A moradora da Vila Real, em Várzea Paulista, Ana Paula Vieira, de 38 anos, foi vítima de atropelamento e os médicos tiveram de amputar as duas pernas dela. Como usou bastante sangue do estoque do Hospital São Vicente de Paulo, a instituição pede doação para repor no hemocentro.

Quem quiser pode doar pode procurar a Colsan, localizada na rua XV de Novembro, 1848, Centro, em Jundiaí.

Qualquer tipagem sanguínea pode ser doada, e no momento do cadastro basta identificar que a doação está sendo feita em nome de Ana Paula Vieira.

Doação
Para doar sangue é preciso:
– Portar documento oficial e original de identidade com foto e dentro do prazo de validade (RG, Carteira Profissional, Carteira de Habilitação)
– Ter entre 16 e 69 anos de idade* (sendo que a primeira doação deve ter sido feita até 60 anos)
– Pesar acima de 50 Kg
– Estar em boas condições de saúde
– Estar alimentado, porém evitar refeições pesadas (gordurosas) nas 3 horas que antecedem a doação

Homens podem doar a cada 2 meses, até no máximo 4 vezes no período de 12 meses.

Mulheres podem doar a cada 3 meses, até no máximo 3 vezes no período de 12 meses.