Comerciante é vítima de latrocínio em Jundiaí

O comerciante Benedicto Sérgio Travalin, de 69 anos, foi vítima de latrocínio (roubo seguido de morte) na Estrada da Servidão (Travessa da Marginal da Via Anhanguera para a Malota), em Jundiaí.

De acordo com o que foi apurado pelos policiais Gigio e Júlio da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), três homens invadiram uma casa onde o comerciante estava junto com um amigo, um contabilista. Os bandidos anunciaram assalto. O comerciante, que estava armado, foi rendido por um dos marginais, que tirou a arma e o baleou.

A Polícia Militar foi acionada e, a cerca de 500 metros do local, um dos suspeitos acabou preso, com roupas sujas de sangue.

Questionado, o suspeito, William Dias de Oliveira, de 39 anos, disse ter se ferido em um ferro de uma casa. Mas entrou em contradições.

Dois homens que estavam na região foram conduzidos até o Plantão da Polícia Civil, mas não foram reconhecidos pelo contabilista que era testemunha da ocorrência.

Benedicto chegou a ser socorrido por uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), mas não resistiu aos ferimentos e faleceu.

Willian estava bastante alterado e os policiais tiveram de usar força física para contê-lo. Ele foi algemado e conduzido para cárcere no Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Os policiais Gigio e Júlio procuram agora os comparsas do crime. Quem tiver alguma informação pode ligar no telefone 181 do Disque Denúncia. A ligação é gratuita.