Dória quer incentivar construções e promete melhorar salários dos policiais

Candidato do PSDB ao Governo do Estado, João Doria detalhou nesta segunda-feira (10) projetos para estimular a construção civil e, com isso, aumentar a oportunidade de empregos no Estado. Ele visitou uma construtora na Zona Leste de São Paulo, conheceu os funcionários e lembrou que o crescimento do setor é fundamental para a geração de postos de trabalho.

“É muito importante que o Estado de São Paulo desburocratize e facilite o trabalho de empreendedores, para geração de mais empregos na construção civil. Nos últimos 12 meses, o Estado de São Paulo perdeu 16 mil postos neste setor. É importante que possamos recuperar, estimulando a geração de empregos, facilitando os investimentos privados. É São Paulo retomando a oportunidade de emprego”, afirmou.

O candidato ao Governo disse que um dos caminhos é desburocratizar, facilitando e acelerando as aprovações dos projetos. “Quanto maior o tempo para se aprovar uma obra, mais custosa ela fica e menos rentável ela é e isso, evidentemente, impacta na geração de empregos”, disse.

Outro projeto inovador do candidato que pode impactar na geração de empregos na construção civil é o de desestatização. “O outro aspecto é o programa de desestatização, que gera investimentos rápidos e efetivos na construção civil, em rodovias, ferrovias, hidrovias e aeroportos. E pega desde o mais simples trabalhador ao mais qualificado engenheiro. Portanto, desestatizar acelera o processo de geração de postos de trabalho.”

Salários dos policiais

Em outra agenda de campanha, Doria esteve na Associação dos Delegados de Polícia do Estado de São Paulo e falou que, gradualmente, vai melhorar a condição salarial dos policiais civis e militares paulistas. “Nós temos que resgatar a autoestima e melhorar a condição de salário e de vida dos policiais que na área militar e na área civil oferecem seu trabalho e sua própria vida para defender as famílias, os cidadãos e o patrimônio das pessoas.”

O candidato do PSDB apresentou outros projetos para a segurança, como a implantação dos Departamentos Estadual de Investigações Criminais (DEICs) regionais e a ampliação dos BAEPs, os batalhões especiais da Polícia Militar. No Governo Doria, as polícias vão trabalhar de forma cada vez mais integrada, inclusive com as guardas municipais, facilitando a troca de informações e aumentando a segurança da população do Estado.