Crianças e a Cidade é tema de encontro de formação no Complexo Argos

A Unidade de Gestão de Planejamento Urbano e Meio Ambiente (UGPUMA) e o Instituto Alana realizam, na manhã de terça-feira (04), no auditório da Biblioteca Nelson Foot, no Complexo Argos, mais uma formação para diretores, gestores e técnicos da administração municipal sobre o tema “Criança e Cidade: planejamento urbano e políticas para a infância”. O dia também será marcado pelo lançamento de um livro desenvolvido pela parceria, que contará com o a presença do Prefeito Luiz Fernando Machado. O assunto também é parte integrante das discussões em andamento para a Revisão do Plano Diretor (Lei 8.683/2016), que teve mais uma reunião realizada na noite de segunda-feira (03), no auditório do Paço Municipal.

Além da formação dos técnicos, de acordo com a diretora do Departamento de Urbanismo, Sylvia Barbosa Angelini, serão discutidas formas de como introduzir e assegurar as políticas públicas para a primeira infância a partir do Plano Diretor. “Assuntos relacionados à maneira como os espaços podem ser melhorados em benefício da infância serão discutidos com palestrantes, nessa formação”, explica a diretora, lembrando que a ação faz parte das atividades da Política Pública da Criança na Cidade, e dos projetos ‘Entre a Casa e a Escola’ e ‘Parque da Criança’. A diretora ainda lembra que, no período da noite, no mesmo endereço, o programa Criança e Natureza, do Instituto Alana, em parceria com a Prefeitura de Jundiaí, lançará a publicação“Desemparedamento e ressignificação do espaço escolar”, às 19h. A abertura do encontro contará com a presença do prefeito Luiz Fernando Machado, seguido por roda de conversa com Paula Mendonça, co-autora da publicação e Raquel Franzim, assessora pedagógica da área de educação e cultura da infância do Instituto Alana.

Revisão
Na noite de segunda-feira (03) foi realizado mais um encontro com a população e sociedade interessada para discutir as melhorias da legislação do Plano Diretor. “O processo de revisão é transparente, aberto para a participação de todos. O encontro apresentou as sugestões apontadas para as Zonas Especiais de Regularização Fundiária – Interesse Social e Específico, que levaram em consideração os apontamentos dos técnicos dos departamentos envolvidos além das propostas que recebemos por meio do site do Plano Diretor Participativo” , detalha o gestor da UGPUMA, Sinésio Scarabello. O próximo encontro da Revisão do Plano Diretor será no dia 14 de setembro, para discutir o Tema 5, que trata dos artigos 86 a 205 da legislação. Após essas reuniões, a discussão em bairros e em audiência pública será apresentada para a Câmara, para a votação.

As propostas apresentadas ficam disponíveis para consulta no site do Plano Diretor Participativo. No mesmo link, é possível incluir propostas para que sejam analisadas e apresentadas pela equipe técnica. Todas as situações serão respondidas pontualmente pela equipe técnica da UGPUMA.