Medicina de Jundiaí volta a integrar o Projeto Rondon

A Faculdade de Medicina de Jundiaí (FMJ) volta a integrar o Projeto Rondon, levando equipes para regiões carentes e que necessitam de atendimento social.

A última vez que a Faculdade de Medicina de Jundiaí foi selecionada para participar do Projeto Rondon foi em julho de 2015, quando 8 estudantes e 2 professores foram para Mato Grosso, na cidade de Dom Aquino, participando efetivamente da “Operação Bororos”.

Neste ano, a FMJ foi classificada para participar do Projeto Rondon na “Operação Parnaíba”, com uma missão para capacitar professores, agentes municipais de saúde, crianças, adolescentes, adultos e idosos na cidade de Porto -Piauí.

Os professores, Mércia e Heryck Stella, apresentaram o projeto e foram selecionados.

Agora a instituição realiza o processo seletivo para escolher os 8 alunos que vão participar da expedição no Piauí, na cidade de Porto.

Enquanto isso, o professor Heryck fará a visita técnica na cidade de atuação, de 23 a 29 de setembro e a atuação do grupo de rondonistas será de 18 de janeiro a 03 de fevereiro de 2019.

Jundiaí possuí tradição na participação do Projeto Rondon, inclusive com médicos que já atuaram com índios.