Câmeras de segurança do Detecta começam a ser instaladas em Jundiaí

A Associação Comercial Empresarial de Jundiaí (ACE Jundiaí) inicia, nesta semana, a instalação das câmeras de segurança pública relativas ao convênio com o Sistema Detecta do Estado.

Os primeiros 20 equipamentos adquiridos pela ACE Jundiaí serão instalados em regiões indicadas pelo Grupo de Administração do Convênio, formado por representantes da Polícia Civil, da Polícia Militar, Guarda Municipal e da entidade. A supervisão técnica é de responsabilidade do Grupo de Tecnologia da Informação – “GTI” da Secretaria da Segurança Pública de São Paulo.

Essas câmeras especiais, que permitem a leitura automática de placas “LAP”, serão fornecidas pela empresa Tecvoz e integrarão a base de dados do Estado – a maior base criminal da América do Sul.

Durante a assinatura do contrato com a empresa, na última semana, o empresário e conselheiro Danilo D’Angelo, um dos articuladores para a instalação do projeto em Jundiaí e responsável pelo sistema piloto, reforçou que o apoio da Tecvoz foi fundamental para a implantação do Detecta em Jundiaí. “Escolhemos esta empresa pela experiência adquirida no projeto City Câmeras da cidade de São Paulo, por serem fabricantes de câmeras e já possuírem uma plataforma de integração Júpiter”, explica. “A câmera inicial de teste está possibilitando a leitura de mais de 8 mil placas por dia. Para dar uma ideia da magnitude dessa iniciativa, as 20 câmeras em pleno funcionamento terão a capacidade de fiscalizar e registrar a passagem de mais de 3 milhões de veículos no mês.”

A Associação Comercial foi a primeira entidade de classe a assinar este convênio no Estado, o que proporciona alguns diferenciais como: rapidez na tomada de decisão e implantação, capacidade de capilaridade e valor do investimento. O presidente da entidade afirma que o diferencial do projeto da ACE é a possibilidade de ampliar as aplicações do Detecta em outras áreas, além do comércio. “Estamos conversando com outros setores para viabilizar a instalação das câmeras em locais como condomínios e centros comerciais.

A sociedade também poderá se organizar nos bairros para implantar essa ferramenta de apoio à segurança pública”, afirma. Segundo ele, empresários poderão, com um excelente custo x benefício, colaborar com a segurança de sua região. “Na Malota já existe uma mobilização dos moradores para implantação do sistema nas próximas semanas, sendo os pioneiros dessa parceria na cidade. ”

A entidade vem apresentando o projeto e buscando parceiros em reuniões do Conseg (Conselho Comunitário de Segurança), em condomínios, bairros e para a iniciativa privada. A entidade também pretende integrar seu Convênio do Detecta ao Sistema de Monitoramento Eletrônico da Guarda Municipal de Jundiaí.