Via Anhanguera terá interdições à noite e madrugada

Em continuidade às obras de construção de viaduto no km 38 da Via Anhanguera (SP-330) em Cajamar, a CCR AutoBAn, concessionária que administra o Sistema Anhanguera-Bandeirantes, realiza nas próximas noites, a partir desta sexta-feira (17) até domingo (19), operação de lançamento de vigas.

Durante a operação, o tráfego da pista principal da Via Anhanguera nos dois sentidos – norte e sul – será desviado para as alças do trevo do quilômetro 38, conforme programação abaixo:

Das 21 horas de sexta-feira, 17 de agosto, até às 6h de sábado, 18 de agosto

O tráfego da pista principal da Via Anhanguera nos dois sentidos – norte e sul – será desviado para as alças do trevo do quilômetro 38, a partir das 21 horas de sexta-feira, 17 de agosto, até às 6 horas de sábado, 18 de agosto, para o posicionamento de guindaste e lançamento de duas vigas sobre a Via Anhanguera (SP-330).

Das 20 horas de sábado, 18 de agosto, até às 6 horas de domingo, 19 de agosto

O tráfego da pista principal da Via Anhanguera nos dois sentidos – norte e sul – será desviado para as alças do trevo do quilômetro 38, a partir das 20 horas de sábado, 18 de agosto, até às 6 horas de domingo, 19 de agosto, para o posicionamento de guindaste e lançamento de três vigas sobre a Via Anhanguera (SP-330).

Alternativa

Durante a realização da operação de lançamento de vigas, a CCR AutoBAn recomenda que usuários com destino às regiões de Jundiaí e Metropolitana de Campinas, a partir da Capital, utilizem a Rodovia dos Bandeirantes (SP-348), bem como os motoristas com destino à Capital a partir das regiões de Campinas e Jundiaí.

Sinalização

ARTESP (Agência de Transporte do Estado de São Paulo), CCR AutoBAn e o policiamento rodoviário concentram todos os esforços para proporcionar o máximo de segurança aos usuários da rodovia. Para orientação aos motoristas, será reforçada a sinalização no local. Mais informações podem ser obtidas por meio do Disque CCR AutoBAn: 0800 055 55 50.

Em caso de chuva, neblina ou condições climáticas adversas, as operações podem ser reprogramadas.