Tarado invade banheiro feminino no Poupatempo

Uma usuária do Poupatempo, no Complexo Fepasa de Jundiaí, relata que na última terça-feira (14) um homem entrou no banheiro feminino e por cima da porta, subindo em um vaso sanitário, passou a observá-la. O anormal fugiu do local assim que a vítima procurou a equipe de seguranças.

O Poupatempo informa que vem tomando providências para tentar identificar o cidadão acusado de importunação ofensiva ao pudor no banheiro feminino da unidade Jundiaí.

As imagens das câmeras de segurança encontram-se à disposição das autoridades policiais.

Elas mostram um suspeito de jaqueta escura entrando diretamente da rua em direção aos banheiros às 17h49.

A cidadã que fez a acusação aparece entrando no banheiro três minutos depois, às 17h52. Ela sai às 17h54 e fala com dois seguranças na porta do posto, apontando para fora.

Os seguranças, responsáveis pela guarda patrimonial, confirmam que foram abordados pela cidadã, mas dizem que ela relatou apenas que o “aquele homem estava no banheiro das mulheres”. Segundo os seguranças, ela não relatou que o acusado estaria espionando a partir do banheiro ao lado, por isso eles apenas responderam que o acusado já estava fora de vista e não havia nada a ser feito.  Os seguranças entenderam que o acusado havia entrado por engano no banheiro feminino.

As imagens mostram que a cidadã esteve às 17h57 ao lado do irmão, que estava tirando o RG. Após o atendimento, ela foi até a administração, ao lado, onde ficou por menos de 20 segundos. Ela disse apenas que alguém havia mexido na janela do banheiro.

A atendente pediu que ela aguardasse para ser atendida pela coordenadora, mas ela disse que precisava ir embora, não aparentando abalo ou nervosismo que sugerisse a necessidade de outras providências urgentes.

A administradora Juliana Borges De Cezare estava ao lado atendendo outro caso e não percebeu nenhuma anormalidade. A gerente reforçou as orientações sobre procedimentos especiais à empresa responsável pela segurança.

O Poupatempo lamenta o transtorno e assegura que zela pela segurança dos usuários e funcionários, entendendo que o bom atendimento passa pela segurança e tranquilidade do espaço de prestação de serviços públicos.