Filho de vereador preso por tráfico de drogas

A Guarda Municipal de Jundiaí prendeu em flagrante o filho de um vereador da Câmara Municipal por tráfico de drogas. O rapaz, de apenas 18 anos, estava junto com um amigo na Lauro Pacheco Neto, no bairro Almerinda Chaves.

De acordo com a Guarda Municipal uma viatura foi acionada para averiguar denúncia de tráfico pelo local, com as características dos envolvidos.

O denunciante ainda relatou no telefone 153 que as drogas eram guardadas atrás de um poste, embaixo de tijolos.

Os guardas foram até o local e confirmaram a presença do filho do vereador e de um rapaz de 25 anos. Os dois confessaram que estavam no tráfico.

Na sacola apreendida entre os tijolos havia 20 porções de maconha e 20 porções de cocaína, além de R$ 45,00 em dinheiro.

Durante a abordagem os guardas questionaram se escondiam mais drogas em algum lugar. O filho do vereador da Câmara Municipal de Jundiaí disse que tinha em sua casa, no Jardim Novo Horizonte.

Os guardas municipais se deslocaram até a residência e localizaram no guarda roupas do rapaz 29 porções de maconha, 140 de cocaína e 18 pedras de crack.

Com as drogas apreendidas o filho do vereador e o rapaz de 25 anos foram conduzidos para o Plantão da Polícia Civil na avenida Nove de Julho.

O delegado Victor Hugo Pizzolatti determinou a prisão da dupla em flagrante por tráfico. Ele disse em seu despacho que não havia como os jovens alegarem que as drogas eram para consumo próprio, diante da quantidade. O delegado disse ainda que não podia estabelecer fiança por se tratar de crime equiparado aos delitos hediondos.

Determinou o delegado o recolhimento da dupla para a Cadeia de Campo Limpo Paulista, até pronunciamento da Justiça.

Vereador diz que enfrenta luta terrível

O vereador de Jundiaí disse que vem há algum tempo enfrentando uma luta terrível contra o vício do filho. “Já internamos ele uma vez por causa do vício. Hoje mesmo o juiz já soltou ele porque mostramos que ele é dependente”.

O vereador disse que já fez tudo o que era possível para o filho abandonar o vício. Ele disse que sofre com esse problema, porque trabalha direito e procura dar exemplo na Câmara Municipal. Mas condena as drogas e vai continuar lutando para que o filho fique longe de tudo isso.