‘A Linguagem das Flores’ de Lorca chega a Jundiaí

A peça de teatro ‘A Linguagem das Flores’ do dramaturgo espanhol Federico Garcia Lorca, com tradução de Carlos Drummond de Andrade, será atração em Jundiaí. Nos dias 14 de julho e 15 de julho de 2018 (sessões às 16 e 19 horas nos dois dias), na sede central do Clube Jundiaiense, rua Onze de junho, 46 – Centro – Jundiaí – SP, com entrada gratuita aos sócios. Convidados pagam preço promocional de R$ 20,00.

O espetáculo também será apresentado no Polytheama, dia 8 de agosto, às 20h30. Com preço promocional também de R$ 20,00 o ingresso.

Esta é mais uma iniciativa da Oficina de Atores de São Paulo – Jundiaí e Grupo Tece – Teatro Contemporâneo Experimental. Direção geral de Lúcia Capuani e Níveo Diegues.

Linguagem das Flores
Dirigido a toda família e sem restrição de idade, o espetáculo promete momentos de muita emoção e reflexão… As diversões ingênuas e simples de uma família espanhola de classe média, da década de 1930 são apresentadas de maneira muito pulsante em ‘A linguagem das flores’. O tempo é o tema explorado até as últimas consequências na história, que une ambição, amor, resignação, tragédia, mentiras e muita força. O texto aponta a superioridade da sabedoria proletária sobre a hipócrita e frágil moral burguesa.

‘A linguagem das Flores’ constitui um diferencial na obra de Lorca. Ele retrata a força do trabalho, da dignidade, da malícia (muitas vezes pura), do povo sofrido, na pele da Ama, uma serviçal que se impõem e dá palpites na vida da família. (tio, tia e Rosita – sobrinha adotada por eles) mesmo sabendo que não tem poder para mudar nada. Mas seu amor por Rosita é demonstrado em cada ação. Ela torna-se o esteio da família na trama, que gira em torno da protagonista Rosita e de seu amor frustrado pelo primo; do tio (que vive num mundo à parte, cuidando somente de sua estufa de flores e de suas rosas raras e em alguns momentos dedica-se a Rosita); da tia (que administra a casa, ajuda o tio com as podas das flores, mas sente-se infeliz e cuida de Rosita por obrigação)… Uma trama familiar que espelha a realidade de muitas outras famílias e com certeza você se identificará com algum dos personagens. Espetáculo imperdível.