Pacientes reclamam da UPA de Várzea

Vários leitores do “Jornal da Região” reclamam da demora no atendimento médico da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Várzea Paulista.

Uma mãe com filho de colo doente chegou a clamar nos corredores por alguém para cuidar do filho. Ela estava revoltada porque não havia pediatra à noite.

O leitor Ednilson Pereira, comentou que havia gente desde às 14 horas aguardando atendimento às 20 horas. À noite havia apenas um médico que dobrou turno porque não tinha profissionais. “É uma calamidade”, comentou.