Prefeitura, polícias e entidades estruturam projeto “Centro Seguro”

Representantes da Prefeitura, entidades representativas do comércio (ACE e CDL), forças de segurança e sociedade civil organizada se reuniram, na tarde desta quinta-feira (21), no Paço Municipal, para dar continuidade à estruturação do projeto “Centro Seguro”, que une ações com o objetivo de aumentar a sensação de segurança nos centros comerciais da cidade. A iniciativa ocorre a pedido do prefeito Luiz Fernando Machado e mantém a estrutura focada na resolutividade, semelhante ao Comitê Gestor de Crise que atuou durante o Carnaval e também durante a recente paralisação dos caminhoneiros.

Esta foi a quarta reunião realizada pelo grupo para estruturar o funcionamento do projeto, que envolverá todos os atores da região Central, neste primeiro momento, e se ampliará para os demais centros comerciais da cidade. Segundo o gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF), José Antonio Parimoschi, no próximo encontro serão debatidas as primeiras propostas e sugestões para a melhoria na sensação de segurança. “A estruturação do plano envolve a Guarda Municipal, Polícia Militar, Polícia Civil, Gabinete de Gestão Integrada (GGIM), Consegs e outras instituições que buscam os mesmos objetivos. A formatação integrada de ações se espelha nos resultados conseguidos a partir do Comitê de Gestão de Crise, mostrando o sistema resolutivo e exitoso da ação integrada”, detalha.

O diretor presidente da Cijun, Amauri Marquezi, informou que será lançada, até o mês de julho, a segunda fase do edital para a instalação de fibra óptica, no total de 300 km, que conectará toda a cidade, possibilitando a conexão de sete câmeras doadas pela CDL para o monitoramento e integração com o sistema de segurança da cidade. As imagens também serão usadas, assim que assinada a parceria com a Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), para troca de informações com o sistema Detecta.

Também participaram da reunião os gestores Thiago Maia (Inovação e Relação com o Cidadão), Paulo Sérgio Giacomelli Stel (Segurança Municipal), Adilson Rosa (Infraestrutura e Serviços Públicos), Sinésio Scarabello (Planejamento Urbano e Meio Ambiente) e Nádia Taffarello Soares (Assistência e Desenvolvimento Social), Silvestre Ribeiro (Mobilidade e Transporte) e Marcelo Peroni (Cultura). A ACE foi representada pelo presidente Elton Monteiro, enquanto a CDL e Sincomércio pelo presidente Edison Maltoni.