Jundiaí atinge 70% da população-alvo vacinada contra gripe

A vacinação contra o vírus da gripe em Jundiaí atingiu 70% da população preconizada, estimada em 106 mil pessoas, de acordo com dados da Vigilância Epidemiológica (VE), órgão ligado à Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS). A campanha nacional foi, novamente, ampliada para oportunizar a imunização àqueles, dentre os públicos determinados pelo Ministério da Saúde como prioritários, que ainda não conseguiram se vacinar. A campanha tem previsão de encerramento no dia 22. A partir do dia 25, as doses serão liberadas para outros grupos.

A cidade registra, até o dia 15 de junho, 28 notificações de suspeita de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) em residentes em Jundiaí, 13 aguardam resultado e nenhum positivo. “Apesar de não haver casos confirmados na cidade, o Ministério da Saúde informa que os números de casos graves de SRAG dobraram no País em relação ao ano passado. As pessoas priorizadas pelo MS são as mais vulneráveis para os agravos. Por conta da ampliação da campanha nacional, somente a partir do dia 25 serão liberadas doses para crianças de cinco a nove anos de idade e adultos de 50 a 59 anos”, detalha a enfermeira da VE, Maria do Carmo Possidente. A vacinação para os grupos prioritários já determinados anteriormente continuarão em aberto.

Balanço
O público-alvo com maior adesão na vacinação foi entre as Puérperas (941) com 131,06%, seguido pelo Trabalhador em Saúde (11.992) – 113,16%. Os idosos também chegam perto da meta, com (45.289) – 89,99%. Somente as Crianças (13.205) – 59,95% e as Gestantes (2.413) – 55,22% ainda estão atrasadas com as doses.