Canil da GM participa de capacitação com instrutora polonesa

Os guardas municipais Meneses, Sérgio Luiz e Francisco, conduzindo os pastores Malinois Zeus e Jacob, além do labrador Black, participaram do Seminário Internacional de Freestyle (Truques Caninos) na cidade de Tatuí (SP). Ministrado pela instrutora polonesa Patrycja Kowalczyk, a capacitação incluiu técnicas de treinamento utilizadas internacionalmente.

Com foco no desenvolvimento de habilidades, o Seminário reuniu profissionais de todo o Estado que adquiriram conhecimentos especializados. Há nove anos atuando no segmento, a instrutora é reconhecida mundialmente pelo trabalho desenvolvido com os cães a partir da prática de truques diferenciados.

O inspetor Alceu Marestoni, chefe do Canil da GM, lembra que gostar de animais é muito diferente de trabalhar com um cão, como é o caso da atividade realizada pelos guardas. “Os cães representam uma ferramenta essencial de atuação, em parceria com o seu condutor, e estão sempre prontos para qualquer missão que forem adestrados a fazer, tanto em atividades operacionais como em apresentações socioeducativas. O preparo exige muita dedicação e o aperfeiçoamento profissional é fundamental. Por isso investimos na capacitação constante”, destacou.

Técnicas
O Seminário foi marcado pela apresentação de truques com alto grau de complexidade, o que possibilitou aos agentes do Canil ampliar as técnicas de reforço positivo durante o adestramento, para que o cão realize os movimentos desejados (shaping), associando os truques praticados a um estímulo, que pode ser o petisco ou brinquedos, como normalmente acontece.

No dia a dia, ocorrências diferentes proporcionam comandos diferentes, o que justifica, inclusive, a necessidade do aperfeiçoamento. “O resultado de todo treino reflete o empenho homem-animal. Prova disso são as conquistas do Canil da GMJ, que hoje conta com 17 exemplares, dentre pastores belga Malinois, rottweilers, um labrador e uma bloodhound, criteriosamente preparados para as ruas, no faro de entorpecentes, captura de suspeitos, dentre outras situações”, completa Marestoni.