Comerciante de Jundiaí é encontrado morto em Amparo

O comerciante de Jundiaí, Luiz Gustavo Morais, de 31 anos, que estava desaparecido desde o último domingo (10), foi encontrado morto na cidade de Amparo, em um matagal. A família e amigos procuravam por ele desde o final de semana.

A maior preocupação foi quando o Peugeot 308, modelo novo, foi localizado em uma estrada de Amparo com os vidros quebrados e as portas travadas.

Luiz Gustavo morava no bairro da Ponte São João em Jundiaí e tinha sociedade em empresa de vistoria de veículos na cidade.

A Polícia de Amparo passou a realizar buscas na região onde o carro foi localizado. O comerciante estava enforcado em uma árvore a cerca de 30 metros de distância do veículo em matagal.

Familiares e amigos acreditam que ele foi vítima de homicídio, diante das evidências: a distância em que estava de casa, o carro danificado e outros detalhes que a Polícia vai apurar.

Luiz Gustavo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal (IML) de Bragança Paulista.

A família foi na manhã desta quarta-feira (13) para o órgão da Secretaria de Segurança Pública para tentar liberar o corpo para sepultamento em Jundiaí.

Onde está Lays?

A jovem Lays Fernanda dos Santos, de 23 anos, do Jardim das Tulipas, em Jundiaí, continua desaparecida. Ela sumiu na noite de 20 de março em Vinhedo.

O carro dela, um Golf, foi encontrado queimado na cidade de Limeira.

A família pede ajuda para tentar encontrar a jovem.

A última vez que ela deu notícias estava em Vinhedo e avisou que estava retornando para casa, pela Via Anhanguera. Mas não chegou e o seu telefone celular ficou mudo.

Os familiares pedem para quem tiver qualquer informação que passe no telefone 190 da Polícia Militar ou no 181 do Disque Denúncia.

Onde está Tiago?

A família do jovem Tiago, o “Mexicano”, continua com as buscas para localizar o rapaz, que desapareceu misteriosamente. Ele foi visto a última vez na rua das Bromélias, no Jardim Bertioga, em Várzea Paulista.

Os familiares pedem ajuda de quem tiver informações, porque até agora a Polícia não conseguiu esclarecer o desaparecimento. O telefone é o (11) 9.4300-8462.