Itupeva e faculdade conscientizam a população sobre maus tratos aos animais

Em comemoração à Semana Mundial do Meio Ambiente, a Prefeitura de Itupeva promoveu nesta segunda-feira (4) um evento de conscientização ao não abandono de animais domésticos e silvestres. O Canil da Guarda Civil Municipal (GCM) também participou do evento.

Em parceria com a Faculdade Max Planck, de Indaiatuba, a Secretaria de Mobilidade Urbana e Meio Ambiente realizou uma atividade na Praça da Matriz. O evento despertou o interesse de dezenas de pessoas que passavam pelo local.

“Este é um trabalho que procuramos fazer de maneira contínua na cidade. Ação como essa não serve somente para conscientizar a população dos maus tratos aos animais domésticos e silvestres, mas também para trabalhar o assunto de abandono de animais”, destacou Márcia Sumagawa, diretora do Departamento de Proteção e Educação Ambiental.

“Muitas pessoas pegam animais quando bebês porque acham lindos e depois, quando crescem, os abandonam. Isso é crime”, falou a costureira Maria Cristina Godói, que cuida de cinco cachorros.

Parceria – Além de tirar dúvidas sobre tratamentos com os animais, os estudantes de medicina veterinária da Faculdade Max Planck também apresentaram ao público um cão, uma Jiboia e um Caititu, também conhecido como Cateto (espécie de porco-do-mato).

“Este projeto é realizado na faculdade e também na Apae de Indaiatuba. Chama-se Zooterapia e explicamos à população tudo sobre o tema, deixando o público à vontade com os animais”, disse Thiago Lourenço, um dos coordenadores da iniciativa.

Para Matheus Irmes, estudante de 13 anos, o contato com os animais foi um momento diferenciado. “Achei interessante e vi de perto animais silvestres. Nunca imaginei que teria coragem de tocar em um bicho assim”.