Vereador mostra que compra de combustível foi antes da crise

Fotos do vereador Gustavo Martinelli, presidente da Câmara Municipal de Jundiaí, abastecendo carro particular com galão, circularam pelas redes sociais com cunho político. O vereador enviou ao “Jornal da Região” uma nota de esclarecimento, explicando que a compra do combustível foi feita no Posto Robertão da avenida 14 de Dezembro antes da crise. O combustível era para ser utilizado em uma propriedade agrícola de seu sogro. Mas em razão do racionamento, a família decidiu dividir entre os parentes.

Gustavo Martinelli disse que alguém tirou foto quando ele enchia o tanque de seu veículo particular na garagem de sua casa e espalhou de forma maldosa nas redes sociais, com cunho político.

Nesse momento milhares de jundiaienses buscaram alternativas para conseguir combustível para atender as suas necessidades diárias. O vereador disse que em nenhum momento utilizou de recursos públicos para proveito próprio.

O vereador disse que identificou o autor que o fotografou e vai processá-lo.

Veja a nota do vereador

Cidadãos de Jundiaí Na condição de homem público preciso dar satisfação de tudo aquilo que envolve a minha conduta enquanto cidadão, chefe de família e vereador. No dia 23 de maio, na última quarta-feira, portanto, antes da crise de abastecimento do país, o meu sogro adquiriu combustível para a sua propriedade agrícola particular. Em razão da crise de abastecimento que se instalou em nosso País, o combustível adquirido não foi utilizado na propriedade agrícola, porém, este combustível foi utilizado para o abastecimento do carro de nossa família, uma vez que temos uma bebê de 10 meses em casa. Na minha vida pública, jamais utilizei das minhas relações para proveito próprio. Aliás, quem me conhece sabe da minha incansável atuação em prol do interesse público. Agradeço a compreensão e anexo à este esclarecimento a cópia da nota fiscal que comprova a referida compra. Gustavo Martinelli