Caminhoneiros não deixam sair combustível para a população

Os caminhoneiros em greve há nove dias não deixam mais sair combustíveis da Refinaria para abastecer os carros da população em geral.

Em Jundiaí não há mais combustíveis nos postos. Só para emergências.

Nesta terça-feira (29) foi grande a movimentação de soldados do Exército em Paulínia, na véspera do início da greve dos petroleiros.

Motoristas que enfrentam filas à espera de combustíveis em postos estão perdendo o dia, sem garantias concretas de que chegará carregamento. Os postos pedem, mas os combustíveis não saem de Paulínia.

Só deixam a refinaria veículos escoltados por policiais. Como aumentou o número de cidades que adotaram Estado de Emergência, como Jundiaí, a fila é mais demorada para os serviços emergenciais.

Os grevistas já conseguiram diesel mais barato, reajuste mensal, isenção de pedágio para eixo suspenso e valor mínimo para frete.

No meio da tarde os caminhoneiros liberaram as entregas e as distribuidoras voltaram a operar normalmente.