Guarda que atirou na ex será julgado nesta quinta

O juiz Jefferson Barbin Torelli, do Tribunal do Júri, agendou para esta quinta-feira (24), a partir das 10 horas, no Fórum de Jundiaí, o julgamento do guarda municipal aposentado Lourival dos Santos. Ele tentou matar a ex companheira, Silvana de Abreu, com dois tiros de revólver no rosto dela.

Lourival chegou a disparar seu revólver três vezes contra a mulher, que ficou internada por várias semanas no Hospital São Vicente de Paulo.

O crime de homicídio qualificado tentado ocorreu na noite do dia 22 de março de 2016 no bairro do Jardim Pacaembu, em Jundiaí. Após os disparos ele fugiu e a Polícia conseguiu localizá-lo.

O advogado de defesa será Luciano Leite de Paula. O réu aguarda o julgamento em liberdade.

O público pode acompanhar o júri.