Promotor do MP é contra soltura de músico acusado de abuso sexual

O promotor do Ministério Público de Jundiaí, Jocimar Guimarães, foi contra a soltura do músico Daniel Busanelli, de 47 anos. Os advogados do baterista pediram ao juiz Maurício Garibe, da 1ª Vara Criminal, a soltura do cliente, para responder processo de acusação de abuso sexual em casa.

Daniel está desde quarta-feira (16) recolhido à carceragem da Polícia Civil, separado dos outros presos, após denúncia de abuso contra uma menina de 11 anos, que foi dormir na casa dele em uma “festa do hambúrguer” promovida pela filha, com as amiguinhas.

Além da denúncia feita pela família da criança, com laudos do Hospital Universitário e do Instituto Médico Legal (IML), pesa como prova principal do processo uma peça íntima da menina de 11 anos, onde os especialistas do Instituto de Criminalística localizaram líquido seminal.

A delegada que cuida do caso, Maria Beatriz Curio de Carvalho, disse em reportagem da TV Record que ainda está colhendo depoimentos para o processo, que corre em segredo de Justiça.