Jundiaí registra segunda morte de morador de rua

Em menos de uma semana Jundiaí registrou duas mortes naturais de moradores de rua. No último dia 30 de abril foi encontrado morto na Praça Governador Pedro de Toledo, no Centro, o morador de rua Vicente Simões Filho, de 46 anos. No final de semana foi encontrado morto no bairro da Vila São Sebastião o José Carlos Cruz, de 46 anos.

Os moradores da Vila São Sebastião contam que Cruz tem parentes na cidade, mas preferia morar na rua. Ele costumava ficar na região das torres de alta tensão.

O corpo de Vicente continua no Instituto Médico Legal (IML) aguardando um familiar para sepultamento. Do contrário será sepultado como indigente. O último registro de endereço dele foi em 2014, da rua Orquidófilos, em Embu das Artes. Depois ele foi para a cidade de Itupeva e passou a morar nas ruas no Centro de Jundiaí. Ele teria se queixado com grupos que fazem entregas de sopas de dores no peito, alguns dias antes.

Atropelado pelo trem

A Polícia de Jundiaí também já identificou o homem que foi atropelado por um trem no bairro do Parque Centenário. A vítima é Cássio José Peres, de 40 anos. Ele foi encontrado sem roupas na linha férrea. Uma equipe do SAMU esteve no local para tentar o salvamento, mas não foi possível.