Mulher é assassinada a facadas em Jundiaí

O corpo de uma mulher, aparentando cerca de 40 anos, morena, estatura mediana, foi encontrado na Estrada Municipal de Jundiaí para Campo Limpo Paulista, no bairro do Ivoturucaia. A mulher não portava documentos.

De acordo com a investigadora Juliana, da Polícia Civil, a vítima foi morta com golpes de faca no pescoço e no peito e o corpo jogado no meio de entulhos próximos aos tubos que servem de interdição das obras de pavimentação da estrada.

A mulher tem várias tatuagens, sendo uma tribal na região lombar, uma rosa com âncora e flor com a palavra “MIGUEL”, outra com uma rosa azul e a palavra “LUCIANA” e mais uma no antebraço direito com o nome “LEONARDO”.

Esse é o terceiro caso de mulher assassinada na região, com corpo abandonado. O primeiro foi na região do Fazenda Grande e o segundo em Campo Limpo Paulista, no bairro Pau Arcado. No primeiro caso era de moradora do Almerinda Chaves. No segundo caso era moradora da Capital e os familiares reconheceram a vítima pela tatuagem publicada pelo “Jornal da Região”.

Quem tiver informações sobre a identidade dessa mulher pode encaminhara para o Plantão da Polícia Civil, na avenida Nove de Julho, ao lado do Ministério do Trabalho. Funciona 24 horas por dia. Pode ainda fazer reconhecimento no Instituto Médico Legal (IML) na rua Nelson Vilaça, ao lado do Cemitério do Montenegro, entre o Jardim do Lago e a Vila São Paulo, em Jundiaí.