Polícia investiga denúncia de maus tratos em clínica

A Polícia Civil de Várzea Paulista investiga denúncia de maus tratos a uma idosa no interior da Clínica “Qualidade de Vida”, no bairro da Vila Popular. A clínica foi interditada pela Vigilância Sanitária da Prefeitura do município e continuou operando.

Uma neta foi visitar a avó e a encontrou toda ferida. A mulher, de 97 anos, tinha lesões por várias partes do corpo e principalmente no rosto.

A filha da proprietária relatou que a idosa é “imperativa” e difícil de controlar. A idosa quis arrumar o armário e caiu do andador, segundo versão da clínica, para a família. Uma funcionária estava próxima, mas não conseguiu segurá-la a tempo de evitar a queda.

A idosa foi encaminhada ao Hospital Pitangueiras da Sobam, no bairro do Vianelo, em Jundiaí e medicada.

O delegado Marcel Fehr determinou ao investigador Cláudio a apuração do caso e mais uma vez comunicado à Vigilância Sanitária da Prefeitura para verificar o local, que foi interditado no dia 8 de dezembro do ano passado.