Polícia de Itatiba esclarece caso da moça morta na geladeira

Os investigadores da Polícia Civil de Itatiba esclareceram o caso da moça encontrada morta dentro de uma geladeira, no dia de Natal, na rodovia Itatiba a Valinhos. Um homem está preso suspeito de ter cometido o crime.

De acordo com o delegado Osvaldo Roberto Cândido, a única pista que havia do desaparecimento de Samantha da Silva Faria, de 19 anos, moradora no San Francisco, era de que a jovem tinha ido para a casa de uma amiga. Essa amiga foi ouvida e declarou que Samantha foi embora e acreditava que tinha retornado para sua residência, no domingo, dia 24 de dezembro.

Durante as buscas por informações uma pessoa contou aos policiais civis de Itatiba que tinha visto a jovem no pátio do Posto Calopsita, na avenida Marechal Castelo Branco, naquela madrugada.

Os investigadores de Itatiba foram até o posto e em busca de imagens das câmeras de monitoramento. Pela câmera do posto deu para ver que a jovem estava conversando com um rapaz e entrou no carro dele, um Uno, vermelho.

Com a ajuda do “Olho Vivo” da Guarda Municipal os policiais da Delegacia de Itatiba descobriram que o carro estava no nome de uma mulher. Nas pesquisas realizadas o endereço era de um condomínio no bairro das Nações. Mas a dona do veículo disse que quem estava dirigindo o carro era o seu filho.

Os policiais tentaram falar com o rapaz, mas ele não foi encontrado e, se tornou no suspeito número ‘1’.

O delegado Osvaldo disse que pediu então à Justiça a prisão do rapaz. Enquanto isso os investigadores prosseguiram nas buscas por mais provas. Foi no condomínio do suspeito que encontraram imagens de Samantha entrando no prédio. Mas não havia gravações mostrando a saída dela, ou do veículo em que estava. O Uno não saiu mais da garagem.

Os policiais civis continuaram as buscas nos sistemas de monitoramento do condomínio, até que descobriram que o suspeito saiu com um Gol, do pai dele, levando a geladeira no porta-malas, como se vê na foto.

Era a mesma geladeira encontrada no matagal, na Estrada de Itatiba para Valinhos.

O suspeito acabou sendo preso pelos investigadores da Delegacia. Ele é Fabiano de Souza Pereira, de 35 anos.

Para o delegado Osvaldo ele disse que a jovem se matou com um tiro de revólver no peito e, sem saber o que fazer, colocou o corpo dentro da geladeira e a levou para um local distante de casa.

O delegado disse que essa versão é difícil de acreditar e pediu aos policiais civis para insistirem nas investigações, principalmente para saber se houve participação de mais alguém, já que seria muito difícil uma única pessoa carregar a geladeira com a moça dentro e ainda mais colocar no porta-malas.

Mesmo que as investigações cheguem em caso de suicídio, houve uma ocultação e remoção do corpo.

O delegado disse que a primeira coisa que o rapaz deveria ter feito era ligar para a Polícia comunicado o que ocorreu.