Homem surta e deixa UPA de Itatiba sem condições de uso

Um paciente em surto psicótico deixou a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Itatiba sem condições de uso, na noite desta sexta-feira (06).

De acordo com usuários, em entrevista ao Jornal da Região,  estavam na mesma sala de medicação e haviam três pessoas no local. O homem, que havia chegado a cerca de meia hora, começou a descontrolar-se e pegou um extintor, despejando em toda a sala e atingindo também os pacientes.

Ele só foi controlado quando a Guarda Municipal (GM) chegou e o imobilizou para que o médico pude-se injetar a medicação. Na UPA haviam seguranças, mas eles não podiam segurar o paciente.

Funcionários estão limpando a sala, para retornar os atendimentos. O local está todo branco, com pó químico de extintor.

CRISE

Ainda de acordo com os pacientes, foram bem atendidos na unidade, apesar de estar com bastante movimento, fazendo com que a espera seja maior pelo atendimento. Isso porque o Pronto Socorro da Santa Casa de Itatiba, para os usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), agora atende apenas casos de extrema emergência, por falta de pagamento da Prefeitura de Itatiba. Relembre o caso.

Em rede social, o prefeito Douglas Augusto publicou que repassou nesta semana R$ 350 mil na terça (03) e R$ 550 mil nesta sexta (06), referentes a parte dos serviços na Santa Casa cuja fatura venceu em setembro. De acordo com a publicação, há um atraso de cerca de 40 dias na quitação. A entidade filantrópica nega e afirma que não recebe desde julho.

A população de Morungaba, cidade vizinha de Itatiba, também vem sofrendo. Foram cortadas na Santa Casa as internações, exames, cirurgias e partos de Morungaba.