ONG Chico Poço pede ajuda financeira na web

Os voluntários da ONG Cursinho Prof. Chico Poço lançaram na última semana uma campanha de financiamento coletivo para tentar viabilizar a reforma do prédio onde a ONG funciona atualmente. O imóvel precisa urgentemente ser adequado para obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e a ONG não tem condições de arcar com os custos da obra. “Precisamos ajustar a largura dos corredores, a sinalização do prédio, colocar parapeitos e também rampas para garantir a acessibilidade do edifício”, explica Thaís Zanini, responsável pelo projeto de financiamento coletivo do Cursinho.

A campanha para a arrecadação dos fundos para a obra ficará online por 60 dias, tempo que os voluntários têm para mobilizar o maior número de doações possível. A meta é arrecadar, no total, R$ 47,4 mil. “A campanha funciona com o esquema de tudo ou nada. Ou seja, se não arrecadarmos o suficiente para bater as submetas estipuladas, não receberemos nada”, preocupa-se a voluntária. Além da adequação para a obtenção do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, o dinheiro arrecadado servirá para aumentar a segurança do prédio e reformar um andar que hoje se encontra inadequado para uso, o que possibilitaria o aumento do número de vagas anuais oferecidas pelo Cursinho.

O Cursinho Prof. Chico Poço é uma ONG que funciona como um cursinho pré-vestibular popular e há mais de uma década atua ajudando jovens de baixa renda de Jundiaí e região a ingressarem no ensino superior. A Instituição não tem fins lucrativos e todos os seus professores e colaboradores são voluntários. “A única maneira de realizar essa reforma é com a ajuda de doações. Pedimos que as pessoas colaborem com qualquer quantia, pois aos pouquinhos podemos bater as metas”, acredita Thaís.

O financiamento coletivo pode ser acessado em www.juntos.com.vc/reformacp .