Começa a vacinação de cães e gatos em Jundiaí

Como faz todos há alguns anos, a comerciante Lucia Corsini acordou cedo neste sábado (19) para levar o Aladin, o cachorro de estimação do seu filho, para tomar a vacina antirrábica no posto volante da Vila Hortolândia. Mesmo com a chuva, ela fez questão de imunizar o animal. “Parece óbvio dizer isso, mas é muito importante dar a vacina para garantir a segurança não só dos animais, mas também dos humanos que têm contato com eles”, comentou.

Quem também garantiu a imunização do seu pet foi a aposentada Maria Inês Iotti, que levou o Cocker Júlio, de dez anos, para tomar a dose. “A aplicação é rápida e ele já está acostumado. Ele nunca dá trabalho e também nunca teve reação à vacina”, disse. Segundo o veterinário da Zoonoses, Luis Gustavo Grijota Nascimento, é muito raro os animais apresentarem reações. “Quando ocorre é uma febre leve, o que é normal. Mas são bastante incomuns”, explicou.

Luis Gustavo destacou, ainda, que alguns cuidados são importantes para o correto transporte dos animais. “A recomendação é que sejam levados por adultos. No caso dos cachorros, preferencialmente em coleira e guia e para os gatos em fronhas ou saco de estopa. Não são fornecidas vacinas para aplicação em casa”, pontuou.

Ainda de acordo com o veterinário, a meta é vacinar 46 mil animais (sendo 41 mil cães e 5 mil gatos) ao longo da campanha, que segue até o dia 6 de setembro. “Este número representa 80% da população de cães e gatos e é um índice que consideramos adequado”, destacou. Neste sábado, a vacinação segue até as 16h30 em 157 postos (93 fixos e 4 volantes) disponibilizados pela Unidade de Gestão de Promoção da Saúde.

Veja a lista completa de Vacinação: