Justiça cassa o mandato do prefeito de Louveira

O juiz eleitoral da Comarca de Vinhedo, Juan Paulo Haye Biazevic, cassou nesta quarta-feira, 26, o diploma de prefeito de Junior Finamore e também o diploma de sua vice, Neusa Orestes. Além disso, o juiz declarou a inelegibilidade de ambos, para os próximos 8 anos.

No ano passado, Júnior Finamore soltou uma revista enaltecendo as suas obras durante o primeiro mandato de Louveira. A Justiça considerou que houve abuso do poder econômico.

O prefeito pode recorrer em segunda instância.

Além disso o prefeito vem enfrentando a maior greve dos funcionários públicos de Louveira. Os trabalhadores protestam porque o prefeito não deu aumento dos salários, apenas reajuste de 1%. Nem a inflação foi repassada.